A enorme quantidade de serviços disponíveis pela internet trouxe tanta facilidade quanto dor de cabeça para os usuários, que têm de pensar cada vez mais em senhas longas, complicadas e únicas para se prevenir de possíveis tentativas de invasão.

É para amenizar essa questão que existem os gerenciadores de senhas. São serviços que armazenam os códigos usados em cada serviço e ainda ajudam a criar combinações fortes para o usuário não ter de pensar tanto. Tudo isso fica acessível através de uma única senha-mestra que, claro, tem de ser guardada a sete chaves. Confira abaixo uma lista de produtos que oferecem recursos do tipo:

1) LastPass

Talvez o mais famoso de todos, o LastPass funciona em celulares e computadores e conta com três opções de conta: gratuita, premium e corporativa.

Basicamente, as diferenças são que, no premium, o usuário tem acesso ilimitado aos recursos pelos aplicativos móveis, ganha mais opções de autenticação multifatores e se livra dos anúncios ao custo de US$ 12 por ano. Já a versão para empresas cria um ambiente seguro para compartilhamento e gerenciamento de senhas que custa entre US$ 18 e US$ 24 ao ano, por usuário.

2) 1Password

O 1Password segue a mesma ideia, mas tem versões diferentes de conta e não há uma opção gratuita. Para usá-lo no Mac ou no Windows é necessário pagar US$ 49,99, uma licença única. Precisa dos dois sistemas? US$ 69,99.

Na versão corporativa os valores são referentes à quantidade de usuários: no mais barato, com acesso para duas pessoas em apenas um sistema, o usuário desembolsa US$ 89,98.

3) Keeper

Outro peso pesado deste mercado, o Keeper segue o modelo de negócios do LastPass, com cobranças anuais, e possui uma opção para empresas.

Na conta básica pessoal o usuário paga US$ 9,99 para ter armazenamento ilimitado de senhas, backup criptografado na nuvem, compartilhamento seguro e acesso ao web app. Na versão mais robusta, que sai por US$ 29,99, há também a possibilidade de sincronização ente vários aparelhos. Enquanto que, na corporativa, de US$ 299,99 ao ano mais US$ 14,99 por usuário, acrescenta-se o console de administrador.

O Keeper está disponível para Windows, Mac, celulares com iOS, Android e Windows, e nos tablets iOS, Android, Windows, Kindle Fire e Nook.

4) oneSafe

Aqui a diferença é disponibilidade e, mais uma vez, forma de cobrança. O oneSafe só está disponível para Mac, Android, iPad, iPhone e Windows Phone. Nada de computador com Windows. E nem há uma versão corporativa.

Os preços são de US$ 4,99 para iOS e Android e US$ 19,99 para Mac. Como a versão do Windows Phone é beta, não é preciso pagar para usá-la.

5) KeePass

Diferentemente dos demais, o KeePass está disponível – oficialmente – apenas para computadores e é totalmente gratuito, além de ter código aberto.

Existem as versões clássica e profissional, e o usuário escolhe se quer ou não instalar o software no computador, porque há uma opção portátil que pode ser carregada num pendrive.

O usuário que quiser mudar o idioma precisa baixar também um pacote com a língua escolhida. Como o serviço é open source, a comunidade de desenvolvedores criou apps para dispositivos móveis Android, iOS e Windows Phone, mas nenhum é oficial.

Fonte: Olhar digital